Rua Ipiranga, 435 - Mogi das Cruzes-SP 11 4725-7580 11 99603-0857 11 94115-7403 11 4798-1876

Cinto paraquedista

Clique nas imagens para ampliar

Hoje, pode-se dizer que a segurança faz parte de uma preocupação comum, porém, tal preocupação não está relacionada somente com o dia a dia no conforto do lar, mas também está relacionada aos riscos que podem ser identificados em ambiente de trabalho.

Trabalhos em altura, atividades relacionadas aos produtos abrasivos, uso de maquinário de grande porte, ferramentas pontiagudas, entre outras atividades podem dependem de equipamentos específicos, evitando assim qualquer acidente durante a execução do trabalho.

De modo geral, faz-se necessário compreender que somente por meio de equipamentos especiais, torna-se possível reduzir os riscos e os acidentes em ambiente de trabalho, ou seja, trata-se de uma solução eficiente e considerada indispensável.

Necessidades com relação ao uso de EPI’s

Sabe-se que são muitas as atividades que podem representar riscos ao profissional, por isso, foram desenvolvidos equipamentos específicos de proteção. Tais produtos são conhecidos como EPI’s, ou seja, equipamento de proteção individual. Para cada segmento faz-se necessário um EPI, de modo que este possa garantir toda a segurança necessária para o colaborador.

Hoje, é possível encontrar cada um dos EPI’s e suas funcionalidades na NR 6, isto é, documento responsável por determinar todas as obrigatoriedades com relação ao uso do equipamento de proteção.

É preciso compreender que somente por meio do EPI correto é possível proporcionar ao indivíduo a segurança durante a execução de suas atividades, pois caso contrário, as chaves de falhas e acidentes podem aumentar, bem como impactos irreparáveis na vida do colaborador.

O consumidor que procura por cinto de proteção poderá encontrar uma grande variedade de modelos disponíveis, variando conforme a aplicação e função. Dessa maneira, nota-se que os cintos podem ser personalizados de acordo com a atividade executada por cada profissional.

Modelos de EPI disponíveis na Kaema

Pensando em atender cada segmento conforme suas necessidades, a Kaema busca oferecer uma linha completa de EPI. Entre os equipamentos de maior circulação, estão:

  • Bota de segurança PVC: permite ao colaborador proteção contra todo e qualquer elemento pontiagudo, evitando cortes e arranhões;
  • Colete refletivo: mantém o profissional em evidência, garantindo assim rápida identificação em cenários de risco;
  • Abafador de ruído: reduz os impactos causados em ambientes com pressão sonora superior aos critérios estabelecidos na NR 15;
  • Capacete: evita impactos com objetos variados;
  • Óculos: mantém a proteção contra impactos relacionados aos olhos;
  • Perneira: evita as chances de contato com produtos abrasivos.

Estes são apenas alguns dos EPI’s disponíveis na linha Kaema, uma empresa focada em desenvolvimento de recursos simples e práticos. Cada categoria de EPI poderá oferecer uma variação com relação aos detalhes e acabamento, por isso, faz-se necessário compreender todas as possibilidades e identificar qual variação melhor atenderá a necessidade.

Cinto paraquedista: compreendendo mais sobre a função do EPI

A maior parte dos equipamentos de proteção individual possui nomes simples e objetivos, como por exemplo: calçado de segurança, óculos de proteção ou abafador de ruído. Um item, no entanto, tem um nome consideravelmente diferente, sendo capaz de confundir facilmente os desavisados e fazer com que eles acreditem que se trata de um dispositivo esportivo. Trata-se do cinto paraquedista.

Se você já trabalha na área e está habituado a utilizar um cinto paraquedista, então o nome não é nenhuma novidade para você, porém se você está ouvindo falar desse modelo de equipamento de proteção individual pela primeira vez, basta seguir para os demais tópicos para compreender o quão importante se faz o uso do equipamento.

Ao falar sobre este modelo de EPI, muito é comum que o indivíduo venha se lembrar do paraquedismo, porém, o equipamento se refere aos trabalhos em altura, isto é, toda e qualquer atividade de cunho profissional que demanda execução em alturas elevadas (superiores a 2 metros de altura). De maneira simples, o equipamento evita que o profissional sofra com uma queda durante a execução de suas atividades.

Outros detalhes a respeito do cinto

O cinto paraquedista recebe esse nome por ser muito parecido com o equipamento que os paraquedistas profissionais utilizam para fixar o seu equipamento. O modelo mais comum de cinto paraquedista é o de 5 pontos, que envolve as pernas, a cintura e o tórax do usuário, permitindo assim maior firmeza e segurança ao realizar trabalhos com postes, andaimes, escadas, torres, prédios, entre outros cenários que compartilham da mesma necessidade.

Apesar de ser um modelo de equipamento bastante comum, existem no mercado diversas variações, sendo possível encontrar um cinto paraquedista em diferentes cores e materiais. Vale ressaltar que quanto melhor for o material do cinto paraquedista e de suas conexões, mais caro ele será. Hoje, é possível encontrar modelos com suporte para o lombar, conexões de engate rápido, encaixe para ferramentas, dentre uma série de outros elementos opcionais.

Fabricação do cinto de proteção

O processo de fabricação do cinto deve obedecer todos os critérios estabelecidos pelos órgãos competentes, de modo a garantir os corretos níveis de resistência e durabilidade. Antes da efetiva produção, faz-se necessário estabelecer o desenho do modelo que melhor poderá atender o profissional, isto é, conforme os movimentos do corpo em cada atividade.

Para que o cinto seja fabricado corretamente, é preciso identificar quais materiais podem melhor atender os esforços de cada equipamento. Cada modelo deve obedecer os cuidados para com peso do profissional, por isso, são necessários diversos testes para garantir que cada cinto possa desempenhar a sua função corretamente.

A Kaema reconhece a importância dos pequenos detalhes para com a fabricação, por isso, conta com profissionais especializados, dos quais estão munidos de conhecimento técnico para execução de cada modelo. Entre os materiais essenciais durante a confecção, estão: fitas de poliester, gancho de aço, liga de alumínio para corda, entre outros materiais.

EPI: a importância do uso

É preciso compreender que o cinto de proteção é essencial, pois o colaborador pode sofrer uma série de impactos quando não existe o cuidado para com os recursos de proteção. O trabalho em altura demanda não apenas cautela, como também tranquilidade e essa tranquilidade pode ser transmitida - mesmo que de forma inconsciente - por meio do uso do cinto.

Este modelo de cinto ainda oferece liberdade com relação aos movimentos, ou seja, o colaborador poderá usufruir de toda flexibilidade. Essa flexibilidade pode resultar em trabalhos mais efetivos, pois a sensação de segurança reflete na postura do profissional.

Faz-se de suma importância conscientizar o profissional da relevância do EPI, pois este deverá ser parte essencial do trabalho, ou seja, não é passível de escolha. Essa conscientização poderá educar o profissional com relação a importância dos recursos de segurança, evitando assim impactos relacionados.

Vale ressaltar que não apenas o cinto deve ser implementado, como também os demais equipamentos de proteção individual, pois trata-se de um conjunto essencial para todos os segmentos que podem apresentar algum risco ao colaborador.

Sobre a Kaema e outros detalhes

Se você precisa de um cinto paraquedista, entre em contato com a Kaema, uma empresa especializada em equipamentos de proteção individual, da qual poderá ajudar não apenas a encontrar o modelo correto de cinto paraquedista para as suas necessidades, como também todos os demais acessórios que esse equipamento pode precisar, como trava-quedas, mosquetão e talabarte, itens essenciais para garantir o correto desempenho.

Com mais de 20 anos de experiência no mercado, o Kaema busca manter a sua linha de produtos atualizada conforme a demanda e exigência do mercado, pois compreende a importância dos equipamentos para cada atividade.

O foco da Kaema é oferecer não apenas equipamentos de qualidade, bem como atendimentos personalizados, pois cada cenário pode depender de um recurso específico. Para a Kaema, os equipamentos são indispensáveis, por isso, mantém todos os seus colaboradores conscientizados a respeito do uso.

Na Kaema, é possível conhecer todos os equipamentos necessários, além de receber orientações completas para com o manuseio de cada modelo. É importante compreender que a orientação poderá manter o solicitante atualizado para com as funcionalidades dos modelos disponíveis, evitando assim aplicações incorretas, além de riscos desnecessários.

Em caso de dúvidas, basta contatar um colaborador da equipe Kaema para solicitação orientação completa, pois os seus colaboradores estão preparados para fornecer toda e qualquer informação técnica relacionada ao produto adquirido.

Para saber mais sobre Cinto paraquedista

Ligue para 11 4798-1876 ou clique aqui e entre em contato por email.

Gostou? compartilhe!



Regiões onde a Kaema atende Cinto paraquedista:


  • Aclimação
  • Bela Vista
  • Bom Retiro
  • Brás
  • Cambuci
  • Centro
  • Consolação
  • Higienópolis
  • Glicério
  • Liberdade
  • Luz
  • Pari
  • República
  • Santa Cecília
  • Santa Efigênia
  • Vila Buarque
  • Brasilândia
  • Cachoeirinha
  • Casa Verde
  • Imirim
  • Jaçanã
  • Jardim São Paulo
  • Lauzane Paulista
  • Mandaqui
  • Santana
  • Tremembé
  • Tucuruvi
  • Vila Guilherme
  • Vila Gustavo
  • Vila Maria
  • Vila Medeiros
  • Água Branca
  • Bairro do Limão
  • Barra Funda
  • Alto da Lapa
  • Alto de Pinheiros
  • Butantã
  • Freguesia do Ó
  • Jaguaré
  • Jaraguá
  • Jardim Bonfiglioli
  • Lapa
  • Pacaembú
  • Perdizes
  • Perús
  • Pinheiros
  • Pirituba
  • Raposo Tavares
  • Rio Pequeno
  • São Domingos
  • Sumaré
  • Vila Leopoldina
  • Vila Sonia
  • Aeroporto
  • Água Funda
  • Brooklin
  • Campo Belo
  • Campo Grande
  • Campo Limpo
  • Capão Redondo
  • Cidade Ademar
  • Cidade Dutra
  • Cidade Jardim
  • Grajaú
  • Ibirapuera
  • Interlagos
  • Ipiranga
  • Itaim Bibi
  • Jabaquara
  • Jardim Ângela
  • Jardim América
  • Jardim Europa
  • Jardim Paulista
  • Jardim Paulistano
  • Jardim São Luiz
  • Jardins
  • Jockey Club
  • M'Boi Mirim
  • Moema
  • Morumbi
  • Parelheiros
  • Pedreira
  • Sacomã
  • Santo Amaro
  • Saúde
  • Socorro
  • Vila Andrade
  • Vila Mariana
  • Água Rasa
  • Anália Franco
  • Aricanduva
  • Artur Alvim
  • Belém
  • Cidade Patriarca
  • Cidade Tiradentes
  • Engenheiro Goulart
  • Ermelino Matarazzo
  • Guianazes
  • Itaim Paulista
  • Itaquera
  • Jardim Iguatemi
  • José Bonifácio
  • Moóca
  • Parque do Carmo
  • Parque São Lucas
  • Parque São Rafael
  • Penha
  • Ponte Rasa
  • São Mateus
  • São Miguel Paulista
  • Sapopemba
  • Tatuapé
  • Vila Carrão
  • Vila Curuçá
  • Vila Esperança
  • Vila Formosa
  • Vila Matilde
  • Vila Prudente
  • São Caetano do sul
  • São Bernardo do Campo
  • Santo André
  • Diadema
  • Guarulhos
  • Suzano
  • Ribeirão Pires
  • Mauá
  • Embu
  • Embu Guaçú
  • Embu das Artes
  • Itapecerica da Serra
  • Osasco
  • Barueri
  • Jandira
  • Cotia
  • Itapevi
  • Santana de Parnaíba
  • Caierias
  • Franco da Rocha
  • Taboão da Serra
  • Cajamar
  • Arujá
  • Alphaville
  • Mairiporã
  • ABC
  • ABCD
  • Bertioga
  • Cananéia
  • Caraguatatuba
  • Cubatão
  • Guarujá
  • Ilha Comprida
  • Iguape
  • Ilhabela
  • Itanhaém
  • Mongaguá
  • Riviera de São Lourenço
  • Santos
  • São Vicente
  • Praia Grande
  • Ubatuba
  • São Sebastião
  • Peruíbe

Whatsapp Kaema EPIs e Calçados Profissionais Whatsapp Kaema EPIs e Calçados Profissionais